script para aplicacoes de efeitos visuais e funcionalidades de consulta International Database of Educational Objects

Ranking

Statistical Summary

Statistical Summary

Title: Processos físico-químicos e biológicos do tratamento de efluentes produzidos em uma indústria de abatimento de suínos (fase de tratamento secundário utilizando lagoa anaeróbia)
Type of Resource: Imagem
Objective: Possibilitar ao estudante ampliar seus conhecimentos com relação aos processos unitários em uma indústria de abatimento de suínos, bem como as etapas necessárias ao tratamento dos efluentes gerados pela mesma
Abstract: Desde os primórdios da civilização, a carne é uma das principais fontes de alimentação do homem, o que levou ao aperfeiçoamento das técnicas de abate de animais e a produção em larga escala deste produto. Os frigoríficos de maneira geral, lançam seus efluentes em corpos hídricos. Estes efluentes possuem uma elevada vazão e grande quantidade de sólidos em supensão, DBO e nitrogênio orgânico e, em razão de sua constituição, esses despejos decompoem-se em poucas horas, produzindo gases de cheiro forte e gerando incômodos à população que ali reside. Os sitemas de tratamento de efluentes permitem a transformação dos poluentes dissolvidos e em suspensão em gases inertes ou sólidos estáveis. Desta forma, não podemos considerar que houve tratamento, se não houve a formação de gases inertes ou lodo estável. Lavoisier propôs a Lei sobre a Conservação da Matéria, onde, no caso de tratamento de efluentes é possível observar a necessidade de que as substâncias ou materiais dissolvidos e em suspensão na água sejam transformados em materiais estáveis ambientalmente e não apenas tranferindo a poluição de forma e lugar. Após o processo primério de tratamento do efluente, composto por filtros e decantadores de linha verde e vermelha, o efluente segue para o tratamento secundário. Esta etapa compreende todo o processo biológico de tratamento, podendo ser de natureza aeróbia, anaeróbia ou facultativa, visando a remoção da matéria orgânica em solução biodegradável. Os processos biológicos reduzem a DBO de 70 a 95% e os sólidos em suspensão de 80 a 95%. No tratamento secundário, aplicam-se as lagoas de estabilização. A primeira lagoa anaeróbia consiste de uma forma alternativa de tratamento, através do lançamento de uma grande carga de DBO por unidade de volume da lagoa, fazendo com que a taxa de consumo de oxigênio seja várias vezes maior que a taxa de produção, com uma eficiência da ordem de 50 a 60%. A carga de DBO ainda é alta, fazendo-se necessário uma unidade posterior de tratamento. A profundidade destas lagoas variam de 3 a 5 metros, para garantir a predominância das condições anaeróbias, evitando que a lagoa torne-se facultativa
Curriculum Component: Educação Superior::Engenharias::Engenharia Química
Theme: Educação Superior::Engenharias::Engenharia Química::Tratamentos e Aproveitamento de Rejeitos
Author: Nadaletti, Willian Cézar
Language: Not Applicable (NA)
Country: Brazil (br)
Rightsholder: Ministério da Educação
License: Material cedido pelo autor diretamente ao Ministério da Educação (via email) que abrange o direito de utilizar a(s) OBRA(s) sob as modalidades existentes, tais como: reprodução, tradução, distribuição, transferência ou edição, sendo vedada qualquer utilização com finalidade lucrativa
Submitter: Universidade Estadual Paulista (UNESP/Presidente Prudente)
URI: http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/22523
This Educational Object appears in the following Types of resources: Educação Superior: Engenharias: Engenharia Química: Imagens